Futebol, carnaval e comunicação: Cláudio Brito participa do Contra-Ataque, na Rede Pampa


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal
Por Kyane Sutelo

O comunicador Cláudio Brito participou da programação da Rede Pampa, nesta quinta-feira (08), para debater temas que gosta e tem propriedade para falar: futebol, carnaval e comunicação. O debate foi com os comunicadores do Contra-Ataque, na Rádio Grenal.

Brito atua no jornalismo há mais de 50 anos e também é advogado e promotor de Justiça. Se destacou ao longo da carreira nos veículos do Grupo RBS, comentando questões jurídicas e também sobre carnaval. Após sua saída da empresa, divulgada na última terça-feira (06), o profissional destacou a felicidade com que recebeu o convite para participar do programa da Pampa: “Fiquei comovido”.

Ao longo do programa Contra-Ataque, Cláudio Brito relembrou momentos que viveu ao lado de outros jornalistas renomados. Dentre eles, o comunicador da Rádio Grenal, Haroldo de Souza. Ao se falarem, durante o ao vivo, resgataram histórias de coberturas esportivas, como um dos casos em que transmitiram uma partida de futebol, sem poderem assisti-la pela televisão. “Eu estava com um fone em uma rádio da Argentina, nós desenhamos em uma cartolina o gramado com a disposição dos jogadores e eu ia mostrando com o dedo o desenvolvimento da jogada, para o Haroldo, que narrava”, relatou Brito. “Bons tempos, né, doutor Claudio Brito”, disse Haroldo.

Futuro

Sobre a possibilidade de retornar ao mercado, Brito disse que não pretende parar. “Ao contrário do que pensam, não quero um ano sabático”, salientou. Ele disse ter ficado muito feliz com o aceno da Rede Pampa para que integre a equipe. “Quero continuar fazendo o que dizem que sei fazer”, afirma, com humildade, o profissional.

Conforme o comunicador, sua vivência como jornalista lhe mostrou o quanto é importante trazer diversas questões ao público, inclusive as jurídicas: “Direito é comunicação”, dispara ele, explicando que as pessoas precisam compreender seus direitos e, essas explicações nada mais são que o ato de comunicar.

Comentários

>