Fim de expediente no tribunal suíço, frustra expectativa por liberação de Guerrero nesta terça-feira


Por: Valéria Possamai,

O fim do expediente no Tribunal Federal da Suiça nesta terça-feira, frustrou a expectativa da defesa de Paolo Guerrero, que aguardava hoje, pela manifestação sobre o novo pedido de liminar impetrado pelos advogados do atleta. No dia 14 de setembro, o corpo jurídico ingressou com recurso em última instância na justiça suíça, para que o atleta pudesse retornar aos gramados, em caráter provisório, até a data do julgamento do caso por doping, marcado para outubro.

Sem um pronunciamento nesta terça-feira, a defesa do atacante segue aguardando a apreciação na justiça suíça. O recurso apresentado pelos advogados de Guerrero, alega que substância proibida encontrada no organismo do jogador, se deve pelo consumo não intencional de um chá de coca, e que o consumo da substância não produziu nenhum impacto sobre o rendimento do atleta. Na ocasião, não havia data definitiva para a resposta do recurso.

Paolo Guerrero está suspenso de atuar desde o dia 23 de agosto, quando uma decisão da Justiça Comum da Suíça cassou a liminar que vinha permitindo a atuação do centroavante, no futebol. Com o novo parecer, o peruano teve o direito de jogar suspenso. Terá que cumprir a pena por caso do doping longe dos gramados e fica afastado do futebol até abril de 2019.

Foto: (Divulgação/Agência EFE)

Comentários