Executivo do Inter, Rodrigo Caetano, rebate súmula da arbitragem: “Faltou com a verdade”


Por: Valéria Possamai,

Um dia após a partida contra o Santos, as polêmicas envolvendo a arbitragem ainda refletem no estádio Beira-Rio. Na reapresentação colorada nesta terça-feira, o executivo de futebol do Inter, Rodrigo Caetano, concedeu entrevista coletiva para dar sua versão sobre a confusão com o árbitro Ricardo Marques Ribeiro, na saída dos vestiários.

VÍDEO: Árbitro de Inter e Santos, Ricardo Marques Ribeiro é hostilizado em aeroporto de Porto Alegre

“O que foi relatado em súmula é algo que me deixou muito inconformado. Hoje os árbitros transformam a súmula do jogo na verdade absoluta e nós é que temos que passar a partir de então a nos defender. Em momento nenhum eu o chamei da palavra na qual ele identificou a minha abordagem, como safado. Jamais faria um negócio desse.“, afirmou o dirigente que foi citado em súmula por “proferir, em tom agressivo, as seguintes palavras: “vocês vão parar por que?” vocês decidiram o campeonato, erraram feio, seu safado, absurdo o que vocês fizeram aqui hoje”.

O dirigente do clube afirmou ainda que postura do árbitro também demonstra a consciência pelo erro no lance de Damião. “A forma como ele estava bastante alterado após o jogo acho que demonstra a consciência que ele teve de talvez ter errado em um lance capital do jogo. Mas não justifica em absoluto os termos que ele utilizou na súmula.  No que for necessário, o Internacional vai me defender naquilo que não traduz a realidade, de que ele faltou com a verdade”.

Ouça a entrevista na íntegra:

Foto:(Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

Após empate, Inter inicia preparação visando o duelo contra o Vasco

 

 

 

 

Comentários