Everton treina com bola e deve ser reforço na decisão contra o River


Por: Valéria Possamai,

O Grêmio já está em regime de concentração para duelo decisivo nesta terça-feira, pela Copa Libertadores. Após a derrota para o Sport no sábado, pelo Brasileirão, o elenco gremista se reapresentou no CT Luiz Carvalho, neste domingo, visando a decisão pela semifinal contra os argentinos. No treinando, a boa notícia ficou por conta de Everton, que participou do trabalho com bola, dando indícios de que deve estar à disposição para a partida na Arena. Por outro lado, Luan não participou da atividade e deixou o CT mais cedo, conforme informação do GloboEsporte.com.

O trabalho teve a primeira parte fechada à imprensa. Quando o acesso foi liberado aos jornalistas, foi possível observar a presença de Everton, que realizava o primeiro treino com bola, após o problema muscular.

Além de Cebolinha, o Léo Moura também participava do trabalho realizado em campo reduzido. O lateral que ficou de fora do duelo pelo nacional, pode sair entre os titulares no duelo na Arena. No entanto, Leonardo Gomes que atuou na partida da Argentina, mantém a dúvida sobre quem está a lateral-direita.

O técnico Renato Portaluppi ainda mantém a dúvida sobre a zaga. Com Kannemann suspenso, Paulo Miranda e Bressan estão na disputa pela vaga. No sábado, Bressan atuou na derrota em casa pelo nacional, o que na linha de trabalho do treinador, estaria de fora do confronto pela Libertadores. No entanto, o comandante já abriu exceções como no caso de Michel. O volante que atuou no primeiro duelo no Monumental de Nuñez, vinha de atuação contra o América-MG, fora de casa.

Assim, a provável escalação do Grêmio contra River tem: Marcelo Grohe; Leo Moura (Leonardo Gomes), Geromel, Paulo Miranda (Bressan) e Cortez; Maicon, Michel, Ramiro, Cícero e Everton (Alisson); Jael.

Nesta segunda-feira, o tricolor faz o último treinamento antes da decisão. A atividade que está marcada para às 15h30, deve definir o time que recebe o River Plate nesta terça-feira, pela decisão à grande final da Copa Libertadores. Com a vitória conquistada por 1 a 0, na Argentina, o time gaúcho se classifica com um empate. Se o River devolver o placar de ida, o duelo vai para os pênaltis. Os argentinos se classificam em caso de vitória a partir de dois gols ou até um de diferença, desde que marquem dois gols ou mais.

Foto:(Lucas Uebel/Grêmio)

Comentários