Equipe de transição do Grêmio empata contra o Ceará na Primeira Liga


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

Cerca de 3 mil torcedores foram até a Arena do Grêmio acompanhar o confronto contra o Ceará, pela terceira rodada da Primeira Liga, o número, inclusive, representa o pior público da história do estádio. Nem mesmo Renato Portaluppi esteve na beira do gramado para comandar a equipe.

Como já era previsto, o técnico Felipe Endres entrou em campo com a equipe de transição do tricolor. Bruno Grassi ganhou chance na meta, apesar de ser o reserva imediato de Grohe; a linha de defesa foi composta por Wallace Oliveira, Zé Augusto, Lucas Rex e Iago; Machado, Jeferson Negueba, Lima, Ty e Rondinelly formaram o meio-campo, e Lucas Coelho completou a escalação.

Naturalmente, a expectativa sobre os atletas não era alta. A baixa média de idade somada ao desentrosamento contribuíram para um jogo sem grandes momentos. Em contrapartida, os jovens tentaram mostrar serviço ao comandante gremista, que estava nos camarotes, assim como alguns atletas titulares.

A partida

Logo aos 2 minutos, Rondinelly roubou a bola no campo de defesa e puxou o contra-ataque. A bola caiu no pé de Lucas Coelho, que escorou para Lima entrar chutando para fora. O Grêmio tentou manter o padrão de jogo com posse de bola alta, sem se desfazer com lançamentos e balões desnecessários. No entanto, foi surpreendido. O capitão Machado recebeu na intermediária defensiva, de costas para o grande círculo. Tontini, jogador que pertence ao clube gaúcho e está emprestado no Ceará, desarmou o volante. Na sequência, Magno Alves recebeu na cara de Grassi e não perdoou. Antes do intervalo, apenas um pedido de pênalti sobre o lateral Wallace Oliveira e nada mais.

Para a etapa complementar, Endres tirou Rondinelly e colocou o jovem Tilica. A substituição trouxe mais movimentação e intensidade ao tricolor, entretanto, a famosa “Lei do ex” quase vigorou na Arena. Vitinho, após contra-golpe, recebeu e finalizou forte, assustando Bruno Grassi. No lance seguinte, Wallace Oliveira cobrou falta perto do meio-campo. Lucas Rex aproveitou falha do goleiro Éverson e empatou de cabeça. Primeiro gol do zagueiro com a camisa do Grêmio. Poucos minutos depois, a cena quase se repetiu. Dessa vez, o defensor cabeceou para dentro da área e ninguém completou para as redes. Mesmo com outras chances criadas, o placar permaneceu empatado até o final.

O Grêmio amarga a lanterna do grupo B da competição, apesar disso, uma vitória contra o América-MG classifica os gaúchos para a próxima fase. A partida, que foi adiada, acontece no dia 05 de abril, em Porto Alegre.

Comentários