Entenda os fatos em que são denunciados os ex-dirigentes da gestão de Vitório Piffero


Por: Valéria Possamai,

Nesta quinta-feira será definida a data da Sessão Extraordinária do Conselho Deliberativo do Inter, em que serão analisados e julgados os cinco fatos considerados temerários, durante o mandato do ex-presidente Vitório Piffero, que corresponde a gestão 2015/2016.

No relatório produzido pela Comissão Especial de Apuração do Conselho Deliberativo foram elencados 15 fatos, que transcorreram durante o mandato e que careciam de análise em relação à gestão. Do total, em nove não foram constatados irregularidades, um foi encaminhado ao Ministério Público, e outros cincos passarão pela análise da mesa dos conselheiros, nas próximas semanas.

Além do ex-presidente, outros três dirigentes são citados no relatório: o ex-vice de finanças Pedro Affatato, os ex-vices de patrimônio, Emídio Marques Ferreira, e de administração, Alexandre Limeira.

Confira em quais itens cada dirigente é denunciado no relatório produzido pela Comissão:

Vitório Piffero, ex-presidente
O ex-presidente é indicado em quatro fatos produzidos pelo relatório:

Item 1 – Fragilidades nos processos de adiantamento de valores e exposição do clube pelos valores movimentados;

Item 2 – Adiantamentos realizados pelo vice presidente de finanças que totalizaram R$ 10 milhões;

Item 6 – Incidências de juros e encargos por pagamento parcial da fatura do cartão de crédito do clube, com vencimento em janeiro de 2016;

Item 12 – Pagamentos para a empresa responsável por confecção de guard rail, suportes e fixadores, realizados em março, abril e outubro de 2015 e agosto de 2016;

Item 14 – Durante os anos de 2015 e 2016, a utilização indevida e abusiva do Cartão de Crédito Corporativo do clube.

Pedro Afattato, ex- vice de finanças e ex-presidente do clube 

Item 1 – Fragilidades nos processos de adiantamento de valores e exposição do clube pelos valores movimentados;

Item 2 – Adiantamentos realizados que totalizaram R$ 10 milhões;

Item 6 – Incidências de juros e encargos por pagamento parcial da fatura do cartão de crédito do clube, com vencimento em janeiro de 2016;

Item 12 – Pagamentos para a empresa responsável por confecção de guard rail, suportes e fixadores, realizados em março, abril e outubro de 2015 e agosto de 2016;

Item 14 – Durante os anos de 2015 e 2016, a utilização indevida e abusiva do Cartão de Crédito Corporativo do clube.

Emídio Ferreira, ex-vice de patrimônio 

Item 1 – Fragilidades nos processos de adiantamento de valores e exposição do clube pelos valores movimentados;

Item 2 – Adiantamentos realizados pelo vice presidente de finanças, que totalizaram R$ 10 milhões;

Item 12 – Pagamentos para a empresa responsável por confecção de guard rail, suportes e fixadores, realizados em março, abril e outubro de 2015 e agosto de 2016.

Alexandre Limeira, ex-vice de administração 

Item 14 – Durante os anos de 2015 e 2016, a utilização indevida e abusiva do Cartão de Crédito Corporativo do clube.

Todos os denunciados entregaram defesa nesta quarta-feira, no prazo final estipulado pelo Conselho. Nesta quinta-feira será pelo presidente do Conselho, Sérgio Juchem, a data da Sessão Extraordinária do Conselho Deliberativo do clube, que irá analisar e julgar os cinco fatos. Serão convocados os 347 membros da Mesa do Conselho do Inter, destes apenas os sete envolvidos na Comissão Especial não votam.

Se caso forem punidos, os ex-dirigentes Vitório Píffero, Pedro Affatato, Alexandre Limeira e Emídio Marques Ferreira podem ficar inelegíveis para qualquer cargo eletivo em entidades desportivas profissionais por até 10 anos.

Ministério Público também está a par do relatório

O relatório produzido pela Comissão também está a cargo do Ministério Público. Um dos fatos elencados no relatório, foi encaminhado à instituição por estar fora da análise de competência da Comissão Especial. No MP já existe uma investigação em andamento referente a gestão de Vitório Piffero. Conforme a Assessoria do Ministério Público esta investigação ocorre em segredo de justiça.

*Com informações do repórter Paulo Nunes

Ex-dirigentes da gestão Vitório Piffero encaminham defesa ao Conselho Deliberativo do Inter

Conselho do Inter faz pronunciamento sobre relatório da gestão Vitório Píffero

 

Comentários