Em súmula, árbitro atribui confusões de Juventude e Inter ao técnico Winck e seu auxiliar


Por: Valéria Possamai,

O árbitro Vinicius Gomes do Amaral oficializou em súmula as confusões ocorridas entre Nico López e Victor Salinas, do Juventude, na partida deste domingo, no estádio Alfredo Jaconi. Além do relato da expulsão do técnico Luiz Carlos Winkc e de seu auxilar técnico.

A confusão iniciou aos 43 minutos do primeiro tempo, após a tentativa de William Pottker tentar a reposição rápida na lateral. O atacante colorado chegou a ir até o banco de reservas da equipe adversária para pegar a bola, após o técnico Winck ter afastado a bola com um chute. Durante a confusão, Nico deferiu socos contra o jogador Eltinho, do Juventude. O atacante do Inter também foi atingido por socos do atleta de Victor Salinas, do Juventude.

O jogo precisou ser paralisado por sete minutos e ambos jogadores, Nico López e Victor Salinas, foram expulsos da partida, enquadrados no motivo 392, conforme relato do árbitro na súmula.

Expulsão Victor Salinas, motivo: 392 – “Golpear ou tentar golpear um adversário com uso de força excessiva fora da disputa da bola. – Na paralisação temporária da partida,expulsei com cartão vermelho direto, o jogador número 04, da equipe do Juventude, senhor Victor Salinas Ribeiro. O jogador infrator através de uma conduta violenta, desferiu um soco com o braço esquerdo, atingindo o rosto do seu adversário, senhor Nicolás Federico Lopez Alonso, número 7.Após a sua expulsão o jogador saiu normalmente de campo”.

Expulsão Nico López – motivo Motivo: 392“Golpear ou tentar golpear um adversário com uso de força excessiva fora da disputa da bola. – Na paralisação da partida, expulsei de forma direta, o jogador Nicolás Federico Lopez Alonso, número 07 da equipe do Internacional.O jogador infrator através de uma conduta violenta, desferiu golpes com o braço esquerdo na cabeça do seu adversário, senhor Elton Divino Celio, número 06.O jogador expulso saiu de campo normalmente.”

No documento oficial da partida, o árbitro Vinicius Gomes do Amaral ainda relata a causa da expulsão do técnico Luiz Carlos Coelho Winck e seu auxilar técnico, José Carlos Marquês da Silva:

“Aos 43 minutos de jogo no primeiro tempo, após a bola sair pela linha lateral na frente da área técnica da equipe do Juventude o treinador sr. Luiz Carlos Coelho Winck e seu auxilar técnico, sr. José Carlos Marquês da Silva realizaram uma atitude antidesportiva. O treinador puxou a bola para atrás com o pé e obstruiu com seu corpo a passagem do jogador do Internacional, sr. William de Oliveira Pottker, retardando assim o reinício do jogo. Essas atitudes foram realizadas também pelo auxiliar do treinador mencionado. Após essas condutas o auxiliar técnico ainda foi atrás do jogador William de Oliveira Pottker e tentou lhe empurrar pelas costas. Vale salientar que essas atitudes descritas foram as causadoras da confusão generalizada entre membros técnicos e jogadores de ambas as
equipes, causando empurra empurra e xingamentos.”

Confira a súmula na integra:

JuventudexInternacional-Gauchão2019-633

Foto destaque: (Ana Aguiar/Rádio Grenal)

Comentários

>