Em partida de sete gols, Grêmio perde para o Sport em casa


Por: Valéria Possamai,

Em partida de sete gols, o Grêmio foi derrotado pelo Sport pelo placar de 4 a 3, na Arena do Grêmio. Com time alternativo, os comandados de Renato Portaluppi saíram atrás do marcador, e depois de conseguir reverter a desavantagem em três oportunidades, acabou sofrendo o quarto gol, que consagrou o placar final. Matheus Henrique, Juninho Capixaba e Tonny Anderson marcaram os gols do Grêmio, Jair duas vezes, Mateus Gonçalves e Gabriel anotaram pelo lado do Sport.

Com o resultado, o Grêmio segue com 52 pontos e na quinta colocação da tabela. Mesmo com o revés, o tricolor permanece na mesma posição nesta 31ª rodada do Brasileirão.

Primeiro tempo

Com as atenções divididas também ao duelo decisivo da Copa Libertadores, na próxima terça-feira, o Grêmio entrou em campo com time alternativo.

Apesar de ser o visitante, foi o Sport o primeiro a levar perigo à meta. Após saída de bola errada do Grêmio, Michel Bastos aproveitou e arrematou de fora da área, mas o chute saiu por cima da meta de Paulo Víctor. Após cobrança de falta, Marcão também aproveitou a sobra para arriscar, mas mais uma vez, o chute saiu por cima da meta gremista.

Mas na terceira chance, o leão da Ilha não desperdiçou. Aos 6’, Em cobrança de falta pelo lado direito, Michel Bastos colocou a bola na área e Jair, de cabeça, abriu o marcador na Arena. Grêmio 0 x 1 Sport.

A resposta do Grêmio veio quatro minutos depois. Em jogada de Capixaba pelo lado esquerdo, Thaciano recebeu no meio, cara a cara com o goleiro Maílson, mas na tentativa do drible, o arqueiro levou a melhor e ficou com a bola.

Chegando aos 20’, o tricolor teve boa chance em dois lance seguidos. Na primeira jogada, Madson recebeu boa bola, quase na pequena área, e recuou a bola para Thonny Anderson que chegava de trás para a conclusão. No chute, a bola explodiu em Adryelson e saiu em escanteio. Na cobrança de Douglas, Thonny Anderson subiu no primeiro pau e o cabeceio passou raspando a trave.

Aos 26’, em tabela com Tonny Anderson, Bressan se aventurou no ataque e arriscou o chute. A bola saiu no cantinho direito do goleiro Maílson, que espalmou. Na sequência, após cobrança de escanteio, Bressan, novamente, apareceu no ataque e cabeceou, mas a finalização saiu fraca, sem perigo.

Apesar das boas chances do Grêmio, foi o Sport que conseguiu ser efetivo. Mateus Gonçalves roubou a bola no meio campo e arrancou, tabelou com Hernane, driblou Kannemann e chegou cara a cara com Paulo Victor. Na saída do goleiro gremista, o atacante bateu e ampliou a vantagem do Sport. Grêmio 0 x 2 Sport.

Depois de tanta insistência, Matheus Henrique apareceu aos 37’, para diminuir para os tricolores. O volante pegou rebote na entrada da área, e depois de errar na primeira jogada, acertou a o chute no canto esquerdo de Maílson. Grêmio 1 x 2 Sport. Após gol, os jogadores do Sport reclamaram de um toque no braço, quando Matheus Henrique tentou dominar a bola.

Após o primeiro gol, o time gaúcho seguiu na pressão. Aos 43’, voltou a levar perigo na cabeçada de Kaio, mas a bola saiu em linha de fundo.

Aos 48’, a primeira etapa foi encerrada com vantagem dos visitantes. Grêmio 1 x 2 Sport.

Segundo tempo

O Grêmio voltou para segunda etapa com mudanças. Pepê entrou na vaga de Pepê.

A segunda etapa iniciou com boa movimentação dos dois times. Até que em uma das jogadas, Matheus Gonçalves derrubou Madson dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Juninho Capixaba marcou e empatou para os tricolores.

Mas quando o tricolor começava desenhar uma recuperação, o Sport virou. Na jogada seguinte após o empate, Jair levantou bola na área e de cabeça, Gabriel concluiu de cabeça, aos 7’. Novamente, visitantes em vantagem: Grêmio 2 x 3 Sport.

A partida continuava em ritmo de intensa movimentação, com os times atacando dois lados. Aos 13’, o Thonny Anderson conseguiu ser mais efetivo e novamente, deixou tudo igual na Arena. Após passe de Madson, o atacante só teve o trabalho de empurrar para as redes, marcando o terceiro gol do Grêmio e o sexto do jogo. Grêmio 3 x 3 Sport.

No entanto, a sina se repetiu no lance seguinte. Novamente, o Sport conseguiu a virada na jogada seguinte. Após cobrança de falta, Jair recebeu de Michel Bastos, tentou a finalização na primeira e completa de cabeça na segunda, deixando mais uma vez o Sport em vantagem. Aos 18’, Grêmio 3 x 4 Sport.

Em ritmo toma lá, dá cá, o Grêmio chegou ao ataque após bobeira na saída da defesa. Pepê aproveitou o erro e entrou com perigo dentro da área, mas na hora da conclusão foi interceptado por Ernando.

Passando os 20’, o técnico Renato Portaluppi promoveu duas mudanças. Marinho entrou no lugar de Marcelo Oliveira e, Jean Pyerre na vaga de Thaciano. O técnico Milton Mendes também alterou o time. Fillipe Bastos entrou no lugar de Hernane Brocador.

O Grêmio era quem levava mais perigo ao ataque. Em duas jogadas de linha fundo com Marinho, o goleiro Maílson teve de trabalhar. Jean Pyerre e Marinho também tentaram, mas a defesa do Sport conseguiu evitar o quarto gol.

Já nos minutos finais, o tricolor seguiu pressionando no ataque. Aos 44’, teve chance em cobrança de falta pelo lado esquerdo com Marinho. Mas mais uma vez, a defesa do leão afastou.

Nos acréscimos, o Grêmio ainda seguiu pressionando. Após tentativa de Madson pela direita, a bola sobrou para Pepê. De dentro da área, atacante bate e a bola passa raspando a trave. Aos 49’, novamente com Pepê o Grêmio teve nova chance. O atacante recebeu do lado esquerdo, cortou para o meio e chutou forte. Mas Maílson faz ótima defesa e espalma para fora.

Já no último minuto, Thonny Anderson arrancou o último ‘uh’ dos torcedores. Após cruzamento do Marinho, o atacante subiu e cabeceou, mas a bola saiu para fora.

Aos 51’, a partida foi encerrada com placar de Grêmio 3 x 4 Sport.

Na próxima rodada, o time enfrenta o Atlético-MG, no sábado, fora de casa. Antes disso, o time tem duelo decisivo pela Copa Libertadores da América, na terça-feira, contra o River Plate.

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Comentários