Dourado e Guerrero voltam a trabalhar com bola e devem estar de volta contra o Flamengo; Cuesta deixa treino mais cedo


Por: Valéria Possamai,

A reapresentação do Inter contou com boas e más notícias para o técnico Odair Hellmann. Rodrigo Dourado e Paolo Guerrero, que sentiram problemas musculares contra o Alianza Lima, treinaram normalmente e devem estar de volta contra o Flamengo. No entanto, o zagueiro Víctor Cuesta deixou a atividade mais cedo apontando um problema na panturrilha.

Após folga, o grupo de jogadores se reapresentou nesta segunda-feira, com uma manhã intensa de trabalhos. Praticamente, todos os jogadores estavam no campo do CT Parque Gigante, mas ao longo da atividade dois jogadores deixaram a atividade.

Com trabalhos dando ênfase ao toque de bola e jogadas de infiltração contra a defesa, o treino contou com a participação de Rodrigo Dourado, que treinou com uma proteção no joelho esquerdo, e Paolo Guerrero. Ambos ficaram de fora da estreia do Campeonato Brasileiro, na derrota para a Chapecoense, por conta de problemas físicos contraídos na partida contra o Alianza Lima, pela Libertadores.

A atividade também trouxe preocupação. Os dois zagueiros titulares do time saíram mais cedo do treino. A situação de Moledo é que menos preocupa, o defensor deixou o campo por preservação. Já Víctor Cuesta, passará por observação médica. O argentino saiu do campo apontando dores na panturrilha direita e passa a ser dúvida para o duelo desta quarta-feira, contra o Flamengo.

O zagueiro Emerson Santos, que precisou ser substituído na partida de sábado na Arena Condá, teve diagnosticado uma entorse no tornozelo direito e é desfalque.

Mesmo sem ainda dar indicativos de time, a tendência é que o time tenha força máxima pela segunda rodada do nacional. Na manhã desta terça-feira, o técnico Odair Hellmann fará um treino para acertar os detalhes do time, que nesta quarta-feira recebe o Flamengo, às 16h, no Beira-Rio.

 

Comentários