Douglas: “Se não tiver um elenco grande e qualificado, não chega em lugar algum”


Por: Diogo Rossi, Jornalista, radialista e Repórter na @rdgrenal

Considerado um dos melhores meias de articulação do país, Douglas conseguiu entrar para a história do tricolor gaúcho. A primeira passagem, entre as temporadas de 2010 e 2011, resultou na conquista de um Campeonato Gaúcho apenas. No ano passado, entretanto, reeditando a parceria com Renato Portaluppi, o camisa 10 foi campeão da Copa do Brasil, sendo um dos protagonistas da equipe.

Nesta quarta-feira (25), em entrevista coletiva, concedida no CT Presidente Luiz Carvalho, o veterano projetou a temporada 2017. “A gente realmente precisa de reforços. Sabendo do calendário desse ano, acabamos conversando. Se tratando de campeonatos longos, lesões e cartões, se não tiver um elenco qualificado e grande, não chega em lugar nenhum”, afirmou o meia.

A situação de Pedro Geromel, envolvendo investidas de clubes brasileiros e do exterior, assusta os torcedores gremistas e, inclusive, os próprios atletas do Grêmio. “A gente fica preocupado. Perder o Geromel vai ser muito ruim. Um excelente jogador, um dos melhores da posição no país. Então a gente fica preocupado, sim. A gente também não sabe, sabemos mais por vocês (imprensa). Ninguém pergunta muito, pra não preocupar o jogador. A diretoria sabe que perder um jogador assim vai ser ruim. A gente espera que no final dê tudo certo”, comentou.

Questionado sobre a relação com o atacante Pedro Rocha, que assistia a coletiva, e o que a torcida poderia esperar da dupla, Douglas foi sincero. “Espero que gols, né. Aí tem que falar pra ele, quem chega na cara do gol é ele. A bola chega, o problema é o gol (risos)”, finalizou o camisa 10.

Comentários