Do banco de reservas à camisa 1: Paulo Victor fala sobre a nova fase no Grêmio


Por: Valéria Possamai,

Reconhecido pelo número 48 nas costas, Paulo Victor vive um novo momento no Grêmio. O goleiro, que já havia recebido chances na temporada passada, assumiu o protagonismo na meta tricolor após a saída de Marcelo Grohe. Herdeiro da camisa 1, o arqueiro fala, com exclusividade à Rádio Grenal, sobre a fase na equipe e a expectativa pela estreia na Copa Libertadores.

Com a melhor defesa do Estadual, apenas um gol sofrido em oito jogos, Paulo Victor destaca que a solidez defensiva do time resulta do trabalho coletivo do grupo: “Isso é muito importante, principalmente para os goleiros. Não levar gols é um trabalho de todos da parte defensiva. Esse sucesso se dá por conta do coletivo e da força que temos. Esse sucesso defensivo se dá ao trabalho coletivo do nosso grupo. O futebol é coletivo. Quando um erra, todos erram. Quando um acerta, todos acertam. Uma das forças do Grêmio é a união do grupo no dia a dia. Essa união é demonstrada também pelos títulos”, ressaltou o goleiro

No Grêmio desde julho de 2017, o arqueiro fala sobre novo momento no time e afirma está pronto para defender a meta gremista na competição continental: “Para eu ter chegado eu abri mão de muita coisa. E vim para disputar a vaga com o Marcelo. Quando você faz as coisas com dedicação os resultados vêm. Nós temos que estar prontos, independente das circunstâncias. As oportunidades acontecem e, às vezes, nos pegam de surpresa. Eu estou feliz com a chance de vestir a camisa do Grêmio, que é um sonho de muita gente. Sou um privilegiado. O que tiver que fazer para defender essas cores, eu vou estar fazendo”.

Há cinco dias da estreia contra o Rosário Central, adversário que vive momentos de turbulência, o atleta ressalta que o time precisar estar atento para não ser surpreendido.: “Ninguém chegou por sorteio nessa fase da Libertadores, tudo por mérito. Independente da fase, nós temos que respeitar o time do Rosário Central. É uma equipe muito boa, mas não queremos ser surpreendidos lá”.

Foto:(Valéria Possamai/Rádio Grenal)

 

 

 

Comentários