Com vantagem, o Inter enfrenta o Nacional pela Libertadores

Com a vantagem de 1 a 0 conquistada no primeiro jogo, o Inter disputa nesta quarta-feira (31), às 19h15min, contra o Nacional, no Beira-Rio, uma vaga nas quartas de final da Copa Libertadores da América. Até mesmo um empate garante o Colorado na próxima fase da competição.

Todos os ingressos para o confronto estão vendidos. Assim como vem acontecendo nos outros jogos, seja Brasileirão, Copa do Brasil ou na competição sul-americana, a força do Beira-Rio será importante, já que o time comandado por Odair Hellmann está invicta como mandante nas três competições.

A preparação para o duelo chegou ao fim na atividade comandada nesta terça-feira (30), no CT Parque Gigante, em Porto Alegre. O treinador realizou um trabalho recreativo com praticamente todo o grupo à disposição. Somente Rodrigo Dourado, Emerson Santos e Roberto não participaram do treinamento. Para complementar, uma parte do grupo fez um exercício técnico de um lado do gramado, enquanto os outros atletas batiam pênaltis.

Antes do treino, D’Alessandro concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa do CT Parque Gigante. O argentino, que completou, nesta terça, 11 anos vestindo a camisa colorada, falou sobre o feito. “É um dia especial, emotivo. Passa um filme na minha cabeça desde o primeiro dia que cheguei aqui. É um momento único para mim, para minha família e para minha carreira. Me sinto privilegiado. Muito orgulho e honra de ter vestido essa camisa”, afirmou o camisa 10.

Com a vantagem de 1 a 0 conquistada em Montevidéu, o Colorado se classifica com uma vitória ou um empate nesta quarta. Derrota por 1 a 0 leva a decisão para as penalidades máximas. Inter e Nacional têm um histórico de confrontos importantes nas suas histórias centenárias.

 

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

O Grêmio chegou ao Paraguai para decisão contra o Libertad pela Libertadores
STJD rejeita pedido do Vasco para anular jogo contra Grêmio
Deixe seu comentário