Com time reserva, Grêmio empata com a Chapecoense fora de casa


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

Com as atenções divididas entre Copa do Brasil, Libertadores e Brasileiro, o Grêmio enfrentou nesta rodada, a Chapecoense com time reserva. Na disputa na Arena Condá, neste domingo, a equipe até conseguiu sair na frente no marcador, mas acabou sofrendo o empate e a partida terminou em 1 a 1. Com o resultado, os comandados de Renato Portaluppi ainda permanecem no G-4. Com 27 pontos, o tricolor é o 4° colocado na tabela de classificação.

Primeiro tempo

O tricolor abriu vantagem no placar logo aos dois minutos de jogo. Depois do desarme de Jaílson no meio de campo, Douglas deu toque preciso para Hernane, que de presente, deu passe para Pepê abrir o marcador. Grêmio 1 a 0. A partida seguiu movimentada. A Chapecoense chegou ao ataque, após cobrança de escanteio com Breno Pacheco. A bola cruzada na área encontrou Amaral, mas o volante furou e o zagueiro Paulo Miranda afastou o lance. Os mandantes seguiram pressionando, desta vez no chute de Yann Rolim. O meia soltou a bomba, mas a bola passou por cima da meta do goleiro Paulo Victor.

Aos 17 minutos, o Grêmio chegou duas vezes. Na primeira jogada, Thaciano recebeu e chutou para o gol, mas a bola acabou em cima do zagueiro Douglas. Na sequência do lance, foi a vez de Bressan. O zagueiro se aventurou no ataque, mas o chute de fora da área acabou por cima da meta de Jandrei. Aos 22, o tricolor em cobrança de falta assustou o goleiro Jandrei. Marinho cobrou rasteiro, com efeito, mas o arqueiro da Chape fez bela defesa.

A Chapecoense voltou ao ataque aos 27 minutos, na bola área. Após cobrança de escanteio, a redonda ficou viva na grande área, mas Madson afastou o lance. Aos 32, o tricolor perdeu grande chance. Pepê recebeu na área, mas furou em bola. No minuto seguinte, foi a vez do time da casa. A chape chegou com perigo no atacante de Yann Rolim, que depois de fazer boa jogada, passou para Wellington Paulista.  O atacante até tentou encobrir o goleiro, mas a bola acabou saindo em linha de fundo. Paulista ainda teve outra chance no lance seguinte. Após cruzamento de Osman, o atacante recebeu e chutou de primeira, a bola passou muito perto do gol.

A etapa final foi movimentada, com as duas equipes no ataque. Aos 40 minutos, o Grêmio chegava no contra-ataque. Madson entrou pelo lado direito e arriscou para o gol, mas a bola bateu pela rede no lado de fora. A equipe gaúcha, ainda teve chance após cobrança de escanteio. A bola encontrou Thaciano que chutou, para a boa defesa de Jandrei. No rebote, Paulo Miranda arriscou, mas o chute foi para fora. Já nos acréscimos, a Chape ainda tentou o último ataque. Após contra-ataque, Bruno Silva lançou bola para Yann Rolim dentro de área, mas o meia concluiu mal. E aos 48 minutos, a partida foi encerrada com o placar empatado em 0 a 0.

Segundo tempo

A primeira chance da etapa complementar foi dos mandantes. Osman cortou para o meio e chutou para o gol. A bola até passou perto, mas sem sustos para o arqueiro gremista. O Grêmio tentou respondeu com Madson. O lateral tentou o cruzamento, mas Bruno Pacheco interrompeu o lance. Na chegada com Pepê, o goleiro Jandrei se adiantou ao lance e saiu da meta para colocar a bola para fora.  Aos 15, veio a primeira substituição no time gremista. Thonny Anderson entrou no lugar de Hernane. No minuto seguinte a troca, a Chapecoense igualou o marcador. Após cobrança de escanteio, houve confusão na área, o volante Elicarlos ficou com a sobra e chutou para o gol, para deixar tudo igual no placar. Chape 1 x 1 Grêmio.

Depois do gol do empate, o verdão ainda seguiu no ataque. Yann Rolim fez boa jogada, se desvencilhando de dois marcadores, mas na hora da conclusão, Thaciano chegou para afastar o perigo. Aos 26, minuto 71 de partida, a torcida da Chape fez sua tradicional homenagem aos 71 mortos, na tragédia aéreo na Colômbia, ocorrida em 2016. No minuto seguinte, os técnicos realizaram as últimas substituições nos times. Pelo lado da Chape, Leandro Pereira entrou no lugar de Osman Jr, assim como Alan Ruschel, na vaga de Yann Rolim. Do lado gremista, Matheus Henrique entrou na vaga de Thaciano e Derlan no lugar de Bressan.

Chegando os 30 minutos da etapa final,  ambas as equipes chegaram ao ataque em lances de escanteio. A chance mais clara foi da Chape. Após cobrança do tiro lateral, a bola ficou para Elicarlos, que chutou forte para o gol em lance de fora da área. Aos 37 minutos, Vinícius Freitas entrou na vaga de Wellington Paulista, última substituição na Chape. O time da casa fez pressão nos minutos finais. Aos 41, Eduardo chutou rasteiro para o gol e Paulo Victor fez boa defesa. Em novo lance, o goleiro do tricolor salvou a equipe. Depois do cruzamento de Eduardo, Amaral subiu e cabeceou para o gol e, Paulo Miranda fez grande defesa. Este foi o último lance antes do apito final do árbitro Rodrigo Carvalhaes de Miranda, aos 49 minutos. E o placar terminou em 1 a 1, na Arena Condá.

O próximo compromisso do tricolor será pela Copa do Brasil, na próxima quarta-feira, contra o Flamengo, na Arena do Grêmio. No final de semana, o time volta pelo Campeonato Brasileiro, contra o mesmo Flamengo também em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA:
Chapecoense (1): Jandrei; Eduardo, Douglas, Nery Bareiro, Bruno Pacheco; Elicarlos, Amaral; Bruno Silva, Yann (Alan Rushel), Osman (Leandro Pereira); Wellington Paulista (Vinicius Freitas). Técnico: Gilson Kleina.

Grêmio (1): Paulo Victor; Madson, Paulo Miranda, Bressan (Derlan), Guilherme Guedes; Jailson, Thaciano (Mateus Henrique); Douglas, Marinho, Pepê; Hernane (Thonny Anderson). Técnico: Renato Portaluppi.

Gols: Pepê (I) aos 2 minutos do primeiro tempo e Elicarlos, aos 16 minutos do segundo tempo.

Local: Arena Condá

Arbitragem: Rodrigo Carvalhaes de Miranda, auxiliado por Wendel de Paiva Gouvea e Daniel do Espirito Santo Parro (trio do RJ)

Cartões amarelos: Thaciano (I),  Paulo Victor (II), Eduardo (II) e Hernane (II).  

Público: 14.382 torcedores

Renda: R$681.095,00

Foto: (Patricia Velho/Grêmio FBPA)

Comentários