Com time alternativo, Inter recebe o Ceará pelo Campeonato Brasileiro


Por: Valéria Possamai,

Sem muito tempo para descanso ou treinamentos em meio a três competições paralelas, o Inter se reencontra com a sua torcida às 19h deste sábado, no estádio Beira-Rio. O duelo da vez é contra o Ceará, pela décima-segunda rodada do Campeonato Brasileiro, e o Colorado deve poupar os seus titulares (repetindo a estratégia adotada no Grenal do último fim semana) para o jogo de volta contra o Nacional do Uruguai pela Copa Libertadores da América.

O time sob o comando de Odair Hellmann busca manter a invencibilidade em casa na competição e, com isso, voltar ao G-4 da tabela, onde ocupa o sexto lugar (17 pontos). Já o clube nordestino está na décima-terceira posição (14 pontos), dentro da chamada “zona intermediária”.

Na tarde dessa sexta-feira, o técnico do Saci comandou o único treino em Porto Alegre antes da partida, com uma atividade sob portões fechados à imprensa no Beira-Rio, sem sinalizar a escalação que iniciará a partida. A certeza fica por conta dos desfalques do volante Rodrigo Dourado (lesionado) e do atacante Rafael Sobis (suspenso). Mas a equipe pode ter uma novidade.

Bruno Fuchs

Com boa parte de sua zaga indisponível para o confronto desse sábado (titulares preservados para a Libertadores e alguns dos reservas “de molho” no departamento médico), não está descartada a hipótese de que o Inter se apresente com Klaus ao lado do estreante Bruno Fuchs, dueto que jamais atuou lado a lado em jogos oficiais.

O primeiro, com 25 anos, está no plantel desde 2017 (vindo do Juventude) e ao longo do tempo perdeu espaço – foram só três partidas neste ano. Já o segundo, com 20 anos, formou-se nas categorias de base do clube, recentemente foi promovido à equipe profissional e aguarda uma oportunidade, após integrar a Seleção Brasileira olímpica que venceu o torneio de Toulon (França).

Foto: (Ricardo Duarte/Internacional)

*Em colaboração com O Sul

Comentários

>