Com restrições no Estado, Inter avalia mandar treinos para Santa Catarina

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

Com a indicação da manutenção de restrições, especialmente, para os treinos coletivos, cresce a possibilidade do Inter deixar Porto Alegre para a realização de atividades em outro estado. O colorado analisa seguir a estratégia adotada pelo Grêmio.

A indicação da direção surge após o novo pronunciamento do governador Eduardo Leite, que informou a impossibilidade da liberação para treinos coletivos neste momento, em virtude da situação da pandemia da Covid-19 no Rio Grande do Sul. Ao justificar a decisão, destacou justamente a ocorrência dos casos positivos no Inter e fez um pedido de “paciência.”

“O que peço é um pouco mais de paciência, por algumas semanas, para que possamos dar os passos seguintes, inclusive no futebol. Poucos minutos depois do Grêmio anunciar que iria fazer treinamentos fora, o Inter revelou que seus membros registraram positivo. Não dá para dizer que pegaram no treinamento, mas a atividade com contato aumenta o risco”, declarou Leite.

Ainda, em entrevista à Rádio Grenal, nesta quarta-feira, o vice-presidente colorado João Patrício Herrmann afirmou que, momentaneamente, o assunto não estava em “especulação”. A declaração foi antes do pronunciamento do governador Eduardo Leite. Mas, na entrevista, o dirigente afirmou que não poderia descartar nenhuma situação.

Enquanto analisa os cenários, o clube mantém a realização de treinos físicos no CT Parque Gigante.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Joia observada por clubes europeus e mais dois jovens são promovidos para os treinos profissionais do Inter
Inter anuncia contratação de Matheus Jussa
Deixe seu comentário