Com nova reformulação do Mundial de Clubes, Grêmio pode garantir participação em 2021


Por: Valéria Possamai,

Nesta sexta-feira, a FIFA aprovou uma grande mudança no Mundial de Clubes promovido pela entidade. Alegando desinteresse dos participantes das últimas edições, a partir de 2021, a disputa passará por uma grande reformulação.

De acordo com o jornal O Globo, serão 24 clubes participantes a partir de 2021. Destes seis seriam sul-americanos. Reunindo os campeões das quatro edições anteriores da Libertadores e dois campeões da Copa Sul-Americana. Por isso o Grêmio, campeão da Libertadores de 2017, é o primeiro brasileiro classificado para o novo Mundial. Junto ao tricolor gaúcho entrariam os campeão da América de 2018, 2019 e 2020. As duas vagas dos campeões da Sul-Americana serão definidas por confronto direto. O campeão da edição de 2017 enfrenta o campeão de 2020, e de 2018 encara o de 2019.

As definições ainda serão discutidas na próxima semana, onde os dirigentes discutirão o novo formato e discutir questões como em caso de um bicampeonato de um time na Libertadores.

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Comentários