Com empate em 0 a 0, Grêmio e São Luiz definem classificação para a final do Gauchão no domingo


Por: Valéria Possamai,

Em Ijuí, São Luiz e Grêmio ficaram no 0 a 0, no Estádio 19 de Outubro, pela semifinal do Campeonato Gaúcho 2019. o jogo de volta acontece no próximo domingo (7), na Arena, em Porto Alegre. Assim como fez o Internacional na partida que ocorreu na tarde deste domingo (31), conforme noticiamos aqui, o Tricolor também preservou os titulares para o jogo da Libertadores, na quinta-feira (4). Da equipe principal, entraram em campo somente o capitão Kannemann e Michel.

O São Luiz começou pressionando o Grêmio. Aos 3 minutos, em falta de Michel, Márcio Goiano cobrou pela esquerda e Paulo Victor espalmou, mandando pra escanteio. Aos 7, o São Luiz continuou no ataque e Galhardo tirou. O relógio marcava 9 minutos, quando, novamente, Paulo Victor teve que espalmar a bola, em tentativa de gol dos mandantes.

O Tricolor foi assumindo o ritmo da partida. Aos 18 minutos, Leandro Vuaden mostrou seu primeiro cartão deste domingo: amarelo para Pablo por falta no jogador gremista Felipe Vizeu. Matheus Henrique chegou ao gol do São Luiz, aos 22, após cruzamento pela esquerda de Juninho Capixaba. De cabeça, o atleta visitante mandou a bola no travessão. Aos 23 minutos, Jean Pyerre sofreu falta e caiu sobre o ombro, assustando os torcedores do Tricolor. Após atendimento fora de campo, ele retornou.

Com 30 minutos, foi a vez de Pepê atacar, mas João Marcus cortou para salvar o time mandante. A partir dos 38 minutos, o Grêmio manteve a bola no seu campo ofensivo, com uma chegada perigosa de Jean Pyerre, com cruzamento pela esquerda. O São Luiz também tentou marcar, com Leilson e Mikael, mas não teve sucesso. Foram anunciados dois minutos de acréscimos, pela arbitragem. Termina o primeiro tempo 0 a 0, no 19 de Outubro.

Começou a etapa complementar, sem alterações nas equipes. Nos dois primeiros minutos, o Grêmio teve duas faltas em seu favor. Aos 3 minutos, susto na disputa de bola aérea entre Clayton e Michel. O jogador do São Luiz ficou caído e recebeu atendimento médico, seguindo em campo. No início do segundo tempo, o Tricolor buscou, insistentemente, seu primeiro gol. Na cobrança de falta, aos 9, Galhardo chutou a bola em curva, mandando por cima do travessão. Após choque de cabeça com Pablo, Galhardo caiu na área, mas foi atendido e se recuperou.

O São Luiz também tentou fazer o seu, chegando pela esquerda, aos 13 minutos. Tauã chutou, Paulo Victor salvou, e, no rebote, a bola foi tirada por Thaciano. Substituição no Grêmio, com 18 minutos: saiu Rômulo, entrou Alisson. Na sequência, Kannemann fez a falta no adversário e levou cartão amarelo. Aos 23 minutos, o time do Grêmio estava todo no ataque, mas não finalizou. Nova troca na equipe porto-alegrense, saindo Vizeu e entrando Thonny Anderson. O São Luiz também trocou: aos 29, saiu Tauã, entrou Vavá.

A partir dos 30 minutos, Grêmio e São Luiz revezavam oportunidades, em ataque e contra-ataque. Aos 32, a equipe mandante perdeu o seu gol, no erro de Maicon, com corte de Juninho Capixaba. Aos 38, Renato Portaluppi colocou Lincoln no lugar de Jean Pyerre. O garoto entrou e, aos 41, chutou a gol, assustando o goleiro Paulo Gianezini, que espalmou. Com 42 minutos, substituiu a equipe local: saiu Thiago Alagoano entrou Anderson Paraíba. Faltando um minuto para o tempo regular terminar e o Tricolor jogava todo no campo do adversário.

Subiu a placa: mais 4 minutos de partida. Aos 46 minutos, o gremista Pepê chegou na cara do gol, mas o goleiro da casa defendeu.

Vuaden apita o final do jogo. São Luiz 0, Grêmio também 0. A decisão de quem se classifica para a final do Gauchão fica toda para a partida de volta, na Arena Tricolor, no domingo (7).

Foto:(Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Comentários