Com ausências de Dourado e Edenilson, Inter trabalha jogadas ofensivas para duelo em Chapecó


Por: Valéria Possamai,

O Inter segue a rotina de preparação visando manter a liderança do Campeonato Brasileiro. Na próxima segunda-feira, a equipe tem confronto com a Chapecoense, fora de casa. Para a partida, o técnico Odair Hellmann pode ter desfalques. Novamente, na atividade desta quinta-feira, os volantes Edenilson e Rodrigo Dourado não apareceram no gramado do CT Parque Gigante.

Com contusão no pé direito, Rodrigo Dourado vira dúvida para enfrentar a Chapecoense

Pelo segundo treino seguido, Edenilson e Dourado ficaram de fora da atividade colorada. A questão de Dourado é o que mais gera preocupação. O jogador foi diagnosticado com contusão no pé direito e passará por avaliações médicas diariamente. No caso de Edenilson, o jogador permaneceu realizando trabalho específicos no vestiário.

No treinamento desta manhã, o técnico Odair Hellmann priorizou o trabalho no setor ofensivo. O primeiro exercício foi em campo reduzido. Os jogadores realizaram troca de passes podendo dar no máximo, dois toque na bola.

Em sequência, o elenco fez trabalho de ataque contra defesa, com foco na construção ofensiva. Os minutos finais do treino foram dedicados a execução de jogadas de transição e posse de bola.

O elenco colorado volta aos treinamentos nesta sexta-feira. No sábado, a delegação viaja para Chapecó, para a partida de segunda-feira, na Arena Condá.

Inter repassa empréstimo de Lucca ao futebol árabe

Foto: (Ricardo Duarte/S.C. Internacional)

Comentários