Bruno Cortez revela tristeza por não renovar, mas ressalta passagem pelo Grêmio: ”Só tenho que agradecer”

Lateral se despede após quase cinco anos pelo tricolor

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Bruno Cortez conversou com exclusividade para a reportagem da Rádio Grenal na noite da última terça-feira (21). Agora ex-jogador do Grêmio, o atleta contou detalhes sobre sua saída do tricolor, e ainda falou sua marcante passagens, de quase cinco anos, em Porto Alegre.

Logo de cara, o ex-camisa 12 abriu jogo sobre o assunto renovação. Cortez disse que até possuía um acordo com a direção, que posteriormente trocou de ideia, e decidiu seguir outro caminho:

”Eu tinha conversado com eles para renovar o contrato no início da temporada. Pediram para aguardar, depois que entramos na zona de rebaixamento. Quando acabou o ano, eles mudaram e optaram por não renovar. Eu só tenho que agradecer por tudo que vivi no clube.”

Na sequência, o lateral também comentou sobre as turbulências ocorridas neste Brasileirão. Para ele, o Grêmio tinha capacidade de terminar a competição em uma situação bem mais favorável.

”A gente falava que não podia estar nessa situação (zona de rebaixamento). Fica até difícil de explicar. Com o elenco que a gente tinha, não tem como explicar.”

Por fim, o jogador fez questão de agradecer ao clube: ”Fiquei triste por sair neste momento, mas foi uma passagem muito boa. Sempre dei meu melhor pelo Grêmio, foi o clube que me abriu as portas. Em quatro anos e 11 meses, conquistei oito títulos. Tenho que agradecer demais.”

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Inter busca por centroavante na Europa
Medina irrita direção do Talleres por demora na resposta e Inter segue conversando com treinador
Deixe seu comentário