Brasil goleia Uruguai com três de Paulinho; Neymar faz golaço

A Seleção Brasileira, logo na primeira partida do ano, viajou até o Uruguai, mais precisamente em Montevidéo, para enfrentar a “Celeste”. O clássico, que é um dos maiores do mundo, foi muito disputado e terminou com goleada canarinho por 4×1, encaminhando a classificação para a Copa do Mundo 2018.

Os uruguaios entraram desfalcados de ninguém menos que Luís Suárez, atacante do Barcelona, enquanto o Brasil não contou com a presença de Gabriel Jesus, lesionado. Tite escalou a formação que lhe garantiu seis vitórias em seis jogos. Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo fecharam o sistema defensivo. No meio-campo, Casemiro, Renato Augusto e Paulinho formaram o tripé de volantes, e no ataque, Neymar, Philippe Coutinho e Roberto Firmino completaram a equipe.

Centenário lotado

Os comandados de Tite não se acuaram com a atmosfera criada no lendário estádio, inclusive, quase abriu o placar logo nos primeiros momentos, após cruzamento de Coutinho e a furada de Firmino. O bom início ficou prejudicado pela falha individual do lateral Marcelo, que recuou com o peito para Alisson. Mais esperto, Cavani se adiantou ao goleiro e sofreu pênalti. Ele mesmo bateu e converteu.

Mesmo em desvantagem, a Seleção Brasileira manteve a calma. Em determinado momento a posse de bola chegou a 76%, e, na base da troca de passes, chegou ao gol de empate. Neymar carregou a bola da esquerda para o meio e achou Paulinho. O volante, da intermediária, mandou um chute a 94 km/h e acertou o ângulo de Martín Silva. O resto de primeiro tempo se resumiu a tentativas de bolas aéreas da equipe de Óscar Tabarez. Veccino, quase recolocou os mandantes à frente no marcador, mas a cabeçada saiu pela linha de fundo.

A etapa complementar começou com ritmo intenso. Roberto Firmino recebeu passe de Coutinho, na entrada da área, e, após girar sobre o zagueiro, finalizou rasteiro. No rebote, Paulinho apareceu de surpresa e completou para o fundo das redes.

As melhores oportunidades do Uruguai sempre vinham nas jogadas de bola parada. Cavani cobrou falta e obrigou Alisson a executar grande defesa. No lance seguinte, na cobrança de escanteio, Stuani desviou e, novamente, o goleiro ex-Internacional defendeu. Quando o jogo se encaminhava para a pressão pela igualdade, o atacante Neymar jogou um balde de água fria nos vizinhos. O camisa 10 recebeu em velocidade, ganhou dos zagueiros e, com extrema categoria, encobriu o arqueiro do Vasco da Gama – uma pintura que silenciou o Estádio Centenário.

Antes do apito final, Tite colcocou Fernandinho, Wilian e Diego Souza, ex-Grêmio, em campo. Mas, nos acréscimos, foi Paulinho quem brilhou novamente. Daniel Alves cruzou da direita, e, por trás, da defesa, o volante de peito marcou o terceiro na partida.

A sétima vitória consecutiva da Seleção encaminha a classificação para a Copa do Mundo 2018. Com 30 pontos, o Brasil é líder isolado das Eliminatórias. Na próxima terça-feira (28), na Arena Corinthians, o adversário será o Paraguai. A Rádio Grenal transmite ao vivo, através do 95.9 fm, aplicativos para smartphones e site oficial.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo que viole os termos de uso, denuncie.