Barça perde e aumenta a crise


Por: Diogo Rossi, Jornalista, radialista e Repórter na @rdgrenal

Barcelona e Valência se enfrentaram neste domingo (17/04) em um Camp Nou lotado .O time da casa perdeu a partida por 2×1 e divide a liderança com o Atlético de Madrid. Ambos os times somam 76 pontos e são seguidos de perto pelo Atlético de Madrid com 75, o critério de desempate é o confronto direto, e neste o Barça leva vantagem, pois venceu os colchoneros tanto no primeiro quanto no segundo turno.

 

Paredão Diego Alves

 

O clássico válido pela 33ª rodada do campeonato espanhol, começou cheio de ingredientes que pressionavam o time catalão. Com a necessidade da vitória o time da casa a buscou desde o início da partida. Com futebol melhor do que vinha sendo apresentado e apresentando alternativas aos movimentos de ataque, o Barcelona   parou no goleiro brasileiro Diego Alves, que não permitiu que o time catalão abrisse o placar. Aos 11′ do primeiro tempo as chances acumuladas eram muitas, e a grande maioria barrada pelo arqueiro.

Sem conseguir vazar a meta defendida por Diego Alves, o Barça encontrou outro adversário. A marcação aplicada do Valência, que conseguia impedir que bola chegasse em condições para que o trio MSN marcasse. Aos 25′ o  Valência veio chegando com toque de bola rápido, se aproveitando de uma falha na recomposição do time de Luis Enrique, Siqueira apareceu com velocidade pelo lado esquerdo, recebeu a bola e chutou forte no contra pé do goleiro Bravo, que espalmou para dentro do gol. 1×0 Valência. A partida seguiu a mesma, com o Barça pressionando e o Valência explorando o contra ataque. Após mais um milagre de Diego Alves, o Valência seguiu a mesma cartilha, mas desta vez, quem apareceu pelo lado esquerdo e chutou forte para marcar o segundo gol foi Santi Mina. Com o dois  a zero anotado para o Valência o primeiro tempo se encaminhou para o final.

 

Gol 500

 

Na segunda etapa, pouca coisa mudou. O  Barcelona continuou comandando as ações de ataque e parando em Diego Alves. O que valeu do segundo tempo, foi que Messi marcou o gol 500 com a camisa do time Catalão. Que veio após jogada criada pelo próprio atacante argentino, que tocou para Alvaro, que estava aberto na esquerda e, sem pensar duas vezes, tocou para o mesmo Messi, que entrou livre, e chutou forte anotando o gol 500 e o primeiro do Barça na partida. Não foi suficiente, a partida terminou 2×1 para o Valência e não houve o que fazer.

 

Afundando na crise

 

O Barça, vive momentos de turbulência. Com a derrota de hoje, o time dirigido por Luis Enrique soma quatro jogos sem vencer pelo certame espanhol e uma desclassificação nas quartas de final da Champions League. Soma-se a isso, alguns fatores extra campo protagonizados pelo lateral direito Daniel Alves, a derrota em três clássicos, Real Madrid e Valência pelo campeonato espanhol e Atlético de Madrid pela Champions. Outros que tiraram pontos do Barça foram Real Sociedad e Villareal.

Comentários