Alisson ressalta importância da vantagem, mas lembra que ainda restam 90 minutos: “Futebol não é falado, é jogado”


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

*Por Bárbara Assmann

 

A semana decisiva da Copa do Brasil chegou. O Grêmio tem uma boa vantagem, mas sabe que ainda restam noventa minutos para garantir a vaga à final. No primeiro jogo, o Tricolor ganhou do Athletico-PR por 2 a 0, na Arena. Agora, nesta quarta-feira (04), o confronto é na Arena da Baixada.

A vantagem é muito boa, de acordo com Alisson, mas é importante manter o pé no chão para saber lidar com ela. “Não podemos deixar que esta vantagem venha a atrapalhar o futebol que temos jogado”, disse em coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (02), no CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre.

O atacante confirmou que a equipe adversária está treinada e que possui grandes jogadores, mas lembrou que apenas falar, é fácil. “Futebol não é falado, é jogado. Não adianta falar que estamos na final. Temos mais 90 minutos”.

Foco, segundo ele, não faltará. Mesmo com as ausências de grandes jogadores como Everton e Maicon, o atacante falou sobre o grupo forte que o tricolor possui. “Por exemplo, o Rômulo entrou muito bem lá em São Paulo”, afirmou.

Mas também tem ele, Alisson, que está sendo decisivo em muitas partidas. Ele demonstrou que está muito feliz com o momento. “Fico feliz pelo apelido [de talismã]. Fico feliz também por ter feito gols decisivos este ano e no ano passado. Espero que continue assim”.

Será que ele fará gols amanhã, torcedor?

 

*Estagiária sob supervisão de Marjana Vargas 

Comentários

>